Dicas de como se cuidar

Dicas de como se cuidar para não ser vítima de divulgação de imagens íntimas não autorizadas costumam ser clássicas, sempre as mesmas. Mas cada caso é um caso.

Mas algumas sempre valem lembrar:

-Se fotografar, lembre-se, claro, de não aparecer seu rosto.

-Também não mostre marcas naturais de nascença, pintas, ou tatuagens que facilitem sua identificação.

-Sempre deixar as fotos de posse do seu dispositivo, nunca do seu parceiro.

-Como nunca sabemos quando dormimos com o inimigo, e como os danos são imensuravelmente devastadores, a melhor dica pode ser, resistir e não fazer foto alguma.

6 ideias sobre “Dicas de como se cuidar

  1. Depois de ter terminado um relacionamento com um namorado,o mesmo usa minhas fotos do aplicativo de namoro onde nos conhecemos e conversa com outros rapazes como se fosse eu.Meu celular foi hakeado e minha internet também!Gostaria que ,apesar de não ser mulher,voces me orientassem o que fazer.Desde já agradeço.

  2. Bom dia

    Mais uma lei que será criada para punir crimes que continuarão a serem perpetrados, pois se leis fossem eficazes os presídios estariam vazios. O que impede crimes são as ações preventivas, tanto na questão do patrimônio, como no caso da honra. Meus avós diziam que ser discreto(a) e prudente resolvia 99% dos percalços da vida, citavam ainda um velho e popular jargão na época “Prudência e caldo de canja não fazem mal a ninguém”, eu mesmo em ambiente de trabalho, no mercado financeiro aconselhava novos colegas dizendo, “Seu nome deve soar como música, não só para seus ouvidos, mas para toda a sociedade”, pois uma vez seu nome jogado na lama, dificilmente voltará a ter crédito, principalmente quando alguém tem sob sua responsabilidade a tutela de valores e filhos, pois estes sofrerão duplamente, pela falta de cuidados preventivos de quem deveria se espera responsabilidade. Não querendo criminalizar a Jornalista e criadora deste Blog, há decorridos 11 anos da ocorrência, na época já madura, (35 anos segundo a reportagem na Folha de São Paulo), já mãe de um primeiro casamento, viúva de um segundo casamento, com direito a relacionamento afetivo, deveria esperar as consequências de expor suas intimidades (fotos/vídeos) a alguém que ainda não conhecia sua real índole. Mais uma Lei, como a Maria da Penha que não impediu que novos crimes continuassem acontecendo, serão punidos os criminosos, mas os crimes continuarão a existir para superlotar os presídios, mantidos com nossos impostos, oriundos de nosso suor, de nosso trabalho. O correto é não jogar nossas irresponsabilidades na sociedade, devemos tomar atitudes preventivas, educar nossos filhos para os devidos cuidados com sua imagem e nome enquanto honrados, pois a condenação do criminoso não apaga a desonra sofrida e os reflexos na família e na vida pessoal pela falta de cuidados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *